sexta-feira, 22 maio , 2015
Dieta e Saúde

0 104

Ingredientes:
– 1 xícara de castanha de caju sem sal e crua
– 1 limão médio
– 1 colher de sobremesa de azeite
– sal

Preparo:
Colocar de molho as castanhas por pelo menos 4 horas.
Após esse período, descartar a água.
Bater as castanhas “demolhadas” no processador por 3 minutos ou até que vire um creme uniforme.
Acrescer o suco de limão, o sal e o azeite e bater por mais 2 minutos.
Pronto! É só colocar na geladeira por 2 horas antes de servir para que fique bem encorpadinho.
Você pode também temperá-lo com orégano, manjericão, tomate seco…Fica a critério.

Ingredientes:

– 2 gemas
– 4 claras
– 1 xícara de leite desnatado
– 1 colher (sopa) margarina desnatada
– 2 xícaras de farinha integral
– 1 xícara de farinha de aveia
– 2 maçãs picadas
– 1 porção de damasco picado
– 1 colher (café) de canela
– 1 colheres e 1/2 (sopa) açúcar mascavo
– Passas a gosto
– 1 colher (sopa) fermento

Modo de preparo:

Bata as claras em neve e, separadamente, o açúcar mascavo com a gemas.
Misture todos os ingredientes e coloque em uma forma untada. Leve ao forno 180º por 30 minutos.

0 122

Conheça os benefícios desta erva nacional

A erva-mate, especiaria de origem brasileira, é responsável por proporcionar diversos benefícios para a saúde. Possui sabor levemente amargo devido à cafeína presente em sua composição.

O consumo é tradicional em forma de chás que podem combater o mau colesterol, melhorar a circulação sanguínea e contribuir para a perda de peso. Deve-se somente ter cautela no consumo, pois o exagero pode causar irritabilidade tanto emocional como também gástrica, devido à considerável quantidade de cafeína presente na erva.

Confira as vantagens do consumo de chá-mate:

Reduz o colesterol: o chá mate possui substâncias alcalóides e glicídios, que são capazes de reduzir a absorção do colesterol. De acordo com uma pesquisa realizada em Santa Catarina, consumir três doses diárias (cerca de 1 litro por dia) de chá-mate, reduz em 13% o colesterol ruim (LDL) e aumenta a produção do colesterol bom (HDL).

Contribui com equilíbrio metabólico: a erva-mate contém ácido clorogênico, um antioxidante que influencia diversos mecanismos do organismo, por meio de uma diminuição da oxidação celular. Favorecendo assim, o equilíbrio do metabolismo. Sem contar que os antioxidantes previnem danos nas células, causados pelos radicais livres (responsáveis pelo maior risco de doenças e envelhecimento).

Previne doenças cardíacas: por ser rico em antioxidantes, o chá-mate reduz o risco de doenças cardiovasculares. A presença de substâncias conhecidas como polifenois, auxiliam o organismo, evitando o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos e prevenindo doenças inflamatórias. Reduzindo os níveis de colesterol também e favorecendo a saúde cardíaca.

Favorece a digestão: o consumo de chá mate ajuda na liberação dos sucos digestivos, que facilitam a digestão dos alimentos. Além disso, o chá possui ação diurética, que auxilia na eliminação de toxinas, que por sua vez, são responsáveis por fazer mal ao organismo e dificultar o emagrecimento.

Fortalece o fígado: segundo especialistas o consumo de chá mate auxilia na oxidação da gordura do fígado, evitando a esteatose hepática, doença ocasionada pelo acúmulo de gordura no fígado.

Favorece a perda de peso: o consumo de chá mate além de acelerar o metabolismo, facilita a queima de gordura em excesso. Pois a erva-mate contém ação lipolítica, responsável por queimar a gordura. Especialistas recomendam que o consumo de chá-mate, seja associado com a prática regular de atividades físicas e uma dieta balanceada para aumentar ainda mais as chances de emagrecer.

img_cha

Fonte: www.saredrogarias.com.br

0 170

Desperte sensações do paladar e favoreça o seu organismo

Com alta capacidade nutritiva, a pimenta é responsável por promover inúmeros benefícios ao organismo. Possui a substância capsaicina que potencializa o metabolismo e impulsiona o emagrecimento.

A substância capsaicina é responsável pelo sabor picante da pimenta e impulsiona o aumento da temperatura corporal, estimulando a queima de calorias.  Ao passar pelo processo digestivo, a capsaicina reduz a formação de gases, melhora a produção do suco gástrico e faz com que o aparelho digestivo se abasteça dos depósitos gordurosos, contribuindo para a redução e queima de gordura.

O consumo do condimento também ajuda no controle de peso, pois possui propriedades termogênicas responsáveis por estimular o desempenho nas atividades físicas, fazendo com que o corpo gaste mais energia e queime mais calorias. No entanto, pessoas que apresentam problemas de gastrite e úlcera, devem evitar o seu consumo, pois a ingestão de pimenta aumenta a quantidade de ácido gástrico no estômago e pode agravar a doença.

A pimenta devido a todos os seus benefícios para a saúde é considerada um alimento funcional e antioxidante. O condimento retarda o envelhecimento da pele, inibe a presença dos radicais livres e por consequência previne o aparecimento de possíveis doenças.

tipos-de-pimenta-como-usarO mais recomendado é ingerir o tempero nas principais refeições do dia.  Adotar o hábito de preparar as refeições diariamente com uma pitada a gosto também é válido. Assim, além de acelerar o metabolismo e auxiliar nas dietas de emagrecimento, a pimenta proporcionará inúmeros benefícios para o bom funcionamento do organismo.

Vale à pena acrescentar pimenta nas suas refeições, além de estimular o paladar e apreciar o sabor do alimento, é a possibilidade de combater várias doenças e fortalecer seu organismo. Como em tudo que envolve alimentação o exagero não é bem-vindo, principalmente em relação às pessoas que sofrem de distúrbios gástricos. Aproveite às propriedades deste alimento e desperte sensações!

Fonte: www.onlinefarma.com.br

0 112

1 col sopa de fermento

10 bananas verdes cozidas (conforme receita da biomassa em dicas de nutrição)

1 col sopa de manteiga

3 col sopa de farinha de trigo

3 ovos

2 col de sopa de queijo ralado

1 col café sal

1 xicara de cenoura ralada

1 lata de ervilha

1 xícara de abobrinha em rodelas finas

Salsa, cebolinha verdes frescas picadas a gosto

pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

Tire as cascas e liquidifique a polpa, junte o fermento, a manteiga, a farinha de trigo, os ovos e o sal, tempere com sal e os temperos a gosto e misture a massa com a cenoura, a  ervilha e a abobrinha.

Coloque em um pirex untado e asse em forno médio polvilhado com queijo ralado.

 

FIQUE CONECTADO

DESTAQUE

loading...